Uma zebra ao telefone


Esta semana trabalhámos a obra Uma zebra ao telefone de António Garcia Barreto.
A Zebra Riscadinha, ou melhor, Zebra Riscadinha de Preto e Branco de Alto a Baixo, de seu nome completo, tem um problema complicado: perdeu as suas riscas.
Será que se esqueceu delas em algum sítio? Será que lhas roubaram durante a noite?
A nossa amiga Zebra, que trabalhava no circo, sente-se incapaz de manter o seu ofício pois sem as riscas não se sente bem, sente-se despida.
Uma zebra sem riscas facilmente se confunde com uma burra, o que a preocupa.
Por isso vai fazer tudo para tentar recuperar as suas riscas... até falar ao telefone para pedir ajuda.

Também fizemos um telefone para comunicar com os nossos amigos. Foi muito divertido...


Sem comentários: